O que você está achando do blog?

Clique e acesse a Liturgia Diária

Seguidores

Bíblia Católica

Rádio Sant'Ana - AM 1540

Deixe seu recado

15 de fev de 2011

O SANTO PADRE PAPA BENTO XVI VISITARÁ DIOCESES ITALIANAS  NO MÊS DE MAIO

Gracielle Reis
Da Redação, com informações do Boletim da Santa Sé


O Vaticano divulgou, nesta terça-feira, 15, o programa da visita do Papa Bento XVI a Aquileia e Veneza (Itália), entre os dias 7 e 8 de maio. 

A viagem faz parte de uma série de visitas apostólicas que o Santo Padre irá realizar em 2011
. O programa inclui viagens internacionais a países da Europa e África (Alemanha, Croácia, Espanha, San Marino e Beni) e viagens a dioceses italianas (Ancona, Lamezia Terme e Certosa di Serra San Bruno).

Confira o cronograma completo da visita de Bento XVI a
Aquileia e Veneza:

Sábado, 7 de maio

Roma

15h30 (20h30 em Brasília) - Partida do Aeroporto Ciampino de Roma para Ronchi dei Legionari.
Ronchi dei Legionari 16h15 (21h15 em Brasília) - Chegada ao aeroporto de Ronchi dei Legionari (Gorizia).
Aquileia
16h45
(21h45 em Brasília)- Saudação do Santo Padre ao povo, na Praça do Capitólio de Aquileia.
17h
(22h em Brasília)- Discurso de Bento XVI na assembleia da II Conferência de Aquileia, na Basílica da cidade. 18h15 (23h15 em Brasília) - Partida em helicóptero rumo a Veneza.
Veneza 18h45
(23h45 em Brasília)- Chegada ao heliporto do Colégio Naval, em Santa Helena. 19h30 (0h30 em Brasília) - Discurso do Papa na Praça São Marcos, seguida da veneração das relíquias de São Marcos.
 

Domingo, 8 de maio
Mestre 10h
(15h em Brasília)- Santa Missa no Parque San Giuliano di Mestre, seguida da recitação da Oração do Ângelus.

12h30
(17h30 em Brasília) - Partida para Veneza.
Veneza 13h30
(18h30 em Brasília)- Almoço com os bispos do episcopado de Veneza. 16h45 (21h45 em Brasília) - Discurso de encerramento, na Basílica de São Marcos.
17h45
(22h45 em Brasília)- Partida de gôndola da Praça São Marcos para a Basílica da Saúde. 18h (23h em Brasília)- Encontro com representantes da cultura e economia na Basílica da Saúde. 18h45 (23h45 em Brasília)- Bênção da Capela do Santíssima Trindade, da Basílica da Saúde, e Inauguração da Biblioteca da Marcianum Studium Generale de Veneza. 19h15 (0h15 em Brasília)- Partida da sede do Seminário Patriarcal de Tessera. 19h45 (0h45 em Brasília)- Partida de avião no aeroporto "Marco Polo" de Veneza com destino a Roma.
 

Roma 20h30 (1h30 em Brasília)- Chega a Roma, no Aeroporto de Ciampino.

Fontes:


Postado por Seminarista Adriézio lima às 16:23h



 

Retiro Espiritual em Ubajara


Centro de Formação São José - Ubajara

A Paróquia São José de Ubajara estará promovendo um Retiro Espiritual intitulado: Acima do Amor

Começará o dia: 05 de Março com o almoço e terminará no dia 08 de Março com o almoço no Centro de formação São José.

As inscrições serão feitas na Livraria Sant'Ana e o valor da taxa do Retiro será de R$ 90,00 e o Pregador será o Pe. José Olívio, pároco da Paroquia São José de Ubajara. 


Postado por Seminarista Adriézio lima às 15:40h

14 de fev de 2011

AUMENTA O NÚMERO DE PADRES NO MUNDO




Entre 1999 e 2009, o número de padres em todo o mundo aumentou 1,4%. O dado está contido na nova edição do Anuário Estatístico da Igreja Católica, divulgado na última sexta-feira, 11. Os dados revelam que, atualmente, no mundo, existem 410.593 padres, sendo 275.542 pertencentes ao clero diocesano e os demais ao clero religioso.

Pela primeira vez desde 1999, em todo o mundo menos na Europa, o número de ordenações supera o de falecimentos e abandonos.
O estudo aponta também que o número de padres e de católicos aumenta na África, Ásia e América Latina, caindo na Europa e América do Norte. A tendência é invertida no que se refere ao clero: a maior parte dos sacerdotes é europeia (46,5%), seguida por americanos (29,9%), asiáticos (13,5%), africanos (8,9%) e da Oceania (1,2%).

O Anuário Estatístico da Igreja reúne dados de todos os segmentos da Igreja Católica dedicados ao apostolado e à evangelização em todos os países do mundo.

Já o "Anuário Pontifício", que recolhe todas as dioceses do mundo, privilegia nomes e biografias. Segundo a edição de 2009 - com dados da Igreja relativos a 2007 - o número de católicos no mundo é de 1,147 bilhão.

Fonte:

Rádio Vaticano - Link - Santa fé. http://www.cnbb.org.br/

Postado po Seminarista Adriézio lima às 16:20h



CCM - PROMOVE 1º MÓDULO DO CURSO DE EXTENSÃO EM MISSIOLOGIA E ANIMAÇÃO PASTORAL



O Centro Cultural Missionário (CCM), em parceria com o Instituto Superior de Filosofia Berthier (Ifibe), de Passo Fundo (RS) promove o primeiro módulo do curso de extensão em Missiologia e Animação Pastoral, em Brasília. O evento que iniciou no domingo, 6, segue até o dia 16 e conta com 51 participantes, vindos de vários cantos do Brasil.

Segundo os organizadores, a finalidade do curso é oferecer uma formação especifica da missão para leigos, religiosos, diáconos e presbíteros engajados na animação missionária, particularmente os coordenadores e membros dos Conselhos Missionários Diocesanos.
O curso completo engloba três módulos, com dez dias cada um, ao longo de três anos de formação. O tema da missão é tratado sob três perspectivas: fundamental, contextual e prática. Cada uma dessas perspectivas tem três abordagens: bíblica, histórica e teológica para a ótica fundamental; antropológica, ecumênica e ética para a ótica contextual; pedagógico-catequética, administrativo-gerencial e metodológica-projectual para a ótica prática. No primeiro módulo são contempladas as três perspectivas nos temas dos fundamentos bíblicos da missão, a missão nas diferentes culturas e a pedagogia do anúncio missionário.

“O primeiro aspecto do curso é voltado à missão que se torna, cada vez mais, um eixo de animação de toda a Pastoral. O outro aspecto é a própria missão que incentiva os leigos, leigas, religiosos, seminaristas, diáconos e presbíteros a se especializarem no conteúdo da missão. Hoje vejo que a procura por nossos cursos é muito superior a anos atrás, por conta do crescimento da própria missão nas dioceses”, explicou o secretário executivo do Centro Cultural Missionário, padre Estevão Raschietti.

Para o professor de Antropologia e Ciência da Religião, William Andrade, este curso pretende ampliar os conceitos de missão efetiva nas dioceses. “Estamos trabalhando os conceitos que viabilize uma presença missionária mais efetiva nas paróquias e diocese do Brasil. Porque este curso chamou tanto a atenção? Por que ele oferece a possibilidade de enriquecer o discurso e a prática missionária com outros elementos que habitualmente eventos de missiologia não oferecem. Aqui eles aprendem que podem ser discípulos missionários onde estiverem. Atualmente, ser missionário em sua localidade é um sinal de que a Igreja está crescendo cada dia mais, o que é muito bom”, afirmou o professor, que também é mestre em Teologia Dogmática e em Psicologia.

“Quero ser missionário em minha diocese. Quero sentir a presença missionária, as minhas ações como missionário, para daí sim, exercer minha função em outros estados ou mesmo em outros países”, ressaltou o seminarista Francivaldo Ferreira Gomes, da Diocese de Tianguá (CE).¹ Segundo o seminarista, a missão é o encontro do diálogo com a fé e não uma imposição de ideologias e de crenças. “Temos que valorizar as culturas e nunca subjugá-las. Você não deve destruir, e sim somar, esse é o nosso propósito como futuros missionários, e é isso que o curso nos ensina”.

Segundo a leiga consagrada, Aline Bonato, uma das participantes do primeiro módulo, o curso superou todas as suas expectativas devido à abrangência de assuntos estudados e pela capacidade dos assessores. “Vejo que não há curso sobre missão que chegue perto deste. Os professores são excelentes e as abrangências dos temas refletidos são muito importantes para a implantação da missão em nossas dioceses e paróquias”, disse.

Segundo o secretário executivo do CCM, padre Raschietti, a procura pelo curso foi maior do que a expectativa. “Tivemos que abrir outro módulo, ainda neste ano, para comportar o número de inscritos, então marcamos para os dias 11 a 21 de maio a segunda edição do primeiro módulo”, destacou padre Estevão.

Para se inscrever na segunda edição do primeiro módulo do curso de extensão em Missiologia e Animação Pastoral, basta acessar o site do Centro Cultural Missionário, no endereço: www.ccm.org.br ou clique aqui e faça a sua inscrição.

¹ "Francivaldo Ferreira Gomes, cursa atualmente o 4º ano de teologia na FACAF - Faculdade Católica de Fortaleza" Seminarista da Diocese de Tianguá-CE.


Postado por Seminarista Adriézio lima às 16:05h



DOM JOÃO SE DESPEDE DE BRASÍLIA


Uma missa neste domingo, 13, marcou a despedida do administrador apostólico da arquidiocese de Brasília (DF), dom João Braz de Aviz. Mais de três mil pessoas participaram da cerimônia, que aconteceu na Catedral Nossa Senhora Aparecida e contou com a presença do clero e de fiéis das 128 paróquias da arquidiocese. O núncio apostólico, dom Lorenzzo Baldisseri, e o secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, também concelebraram com dom João.

Nomeado pelo papa Bento XVI prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Vida religiosa no Vaticano, dom João viaja para Roma nesta segunda-feira, 14 para assumir o cargo, depois de sete anos como arcebispo da capital federal. A partir de 16 de março, ele assume sua nova função. Seu sucessor ainda não foi nomeado.

“Partir é preciso para continuar a missão. Amei apaixonadamente esta Santa Igreja”, disse dom João.

Em entrevista à Assessoria de Imprensa da CNBB, após sua nomeação, no dia 4 de janeiro, dom João falou do seu amor a Brasília e das dificuldades e alegrias ao longo dos sete anos que passou na capital federal.

“Amei e amo muito esta cidade. Foi uma missão grande. Temos aqui uma realidade bonita, mas complexa. Temos a conotação política da capital federal, lidamos com as crises políticas nos últimos tempos o poder público foi totalmente esvaziado e veio à tona todo esse processo de corrupção; nós vimos que tudo isso testou a capacidade democrática de uma população de não acabar sendo submergida, mas superou com sua força democrática e hoje estamos retomando um caminho bom. Esse lado é complicado em Brasília, mas muito rica essa relação com as autoridades. A própria CNBB realiza isso em nível nacional e nós realizamos em nível local do Distrito Federal”, disse dom João.

Na ocasião, o administrador apostólico ressaltou também a religiosidade do povo de Brasília . “Brasília é uma vitrine de todas as religiões e Igrejas. Aqui cada um tem seu lugar de povo brasileiro que professa a sua fé; e ter essa relação de diálogo respeitoso, ser amigo da verdade e caminhar juntos com valores é outro desafio grande que enfrentamos com amor e alegria não podendo fazer muitas coisas, mas o que fizemos foi nessa direção”.


Postado por Seminarista Adriézio às 15:40h